Suzana Herculano-Houzel

Carreira

Suzana Herculano-Houzel, Ph.D., é bióloga e neurocientista, pesquisadora, escritora, colunista do jornal Folha de São Paulo e professora da Universidade de Vanderbilt, onde é Professora Associada dos Departamentos de Psicologia e Ciências Biológicas. Ela também é a primeira mulher editora-chefe do The Journal of Comparative Neurology.

Formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, pela Case Western Reserve University e pela Universidade de Paris VI, a experiência de 20 anos de ensino de Herculano-Houzel é complementada por seu trabalho como divulgadora científica no Brasil, incluindo a apresentação de programas de TV e a redação de uma coluna quinzenal para a Folha de São Paulo.

Suas diversas contribuições a estabeleceram como uma figura de destaque na neurociência e na comunicação científica. A palestra TEDGlobal de Herculano-Houzel sobre a singularidade do cérebro humano obteve mais de 3 milhões de visualizações. Ela está trabalhando em vários cursos de neurociência para diferentes níveis de conhecimento que estão ou estarão disponíveis em breve neste site.

Pesquisa


Ela investiga a extensão, as restrições e as implicações da diversidade cerebral, especialmente na interface entre metabolismo, longevidade e cognição. Mais recentemente, ela demonstrou que os dinossauros terópodes tinham um número de neurônios semelhante ao dos primatas; que os cérebros dos mamíferos devem usar a energia que recebem, não tanto quanto exigem; e que o tempo de vida não se ajusta ao tamanho do corpo ou à taxa metabólica, mas ao número de neurônios corticais.

Reconhecida por sua pesquisa, suas descobertas foram publicadas em revistas de prestígio e em reportagens nos principais meios de comunicação, como o New York Times Magazine e o The Washington Post. Ela está convencida de que a seleção natural é superestimada e que a vida é, na verdade, "apenas Whatever Works".

Ela é autora de The Human Advantage (MIT Press, 2016), no qual conta a história de suas descobertas sobre quantos neurônios diferentes espécies têm - e como o número de neurônios no córtex cerebral dos humanos é o maior de todos, graças às calorias acumuladas com uma tecnologia muito antiga desenvolvida por nossos ancestrais: cozinhar. 

Atualmente, ela está trabalhando em vários livros novos, incluindo um livro didático de neurociência.

Livros

Seus livros, predominantemente escritos em seu português nativo, não são apenas textos científicos; são pontes que conectam o intrincado mundo da neurociência à vida cotidiana. Em títulos como "A Vantagem Humana" e "Fique de bem com o seu cérebro", Suzana convida os leitores a uma exploração envolvente do cérebro, tornando conceitos complexos acessíveis e relacionáveis.

De "Pílulas de neurociência para uma vida melhor", que oferece insights práticos de neurociência para a vida cotidiana, a "O cérebro adolescente", que investiga a transformação do cérebro adolescente, suas obras abrangem uma vasta gama de tópicos. Cada livro reflete sua profunda compreensão e paixão pela neurociência, com o objetivo de esclarecer e inspirar os leitores sobre as maravilhas do cérebro e seu impacto em nossa vida diária.

O compromisso de Suzana com a comunicação científica fica evidente em "Falando ciência", onde ela orienta colegas cientistas sobre como compartilhar efetivamente seu trabalho com públicos diversos. Seu livro "Por que o bocejo é contagioso?" aborda curiosidades sobre fenômenos cotidianos a partir de uma perspectiva neurológica, demonstrando sua capacidade de combinar rigor científico com uma narrativa envolvente.

  • A Vantagem Humana: A New Understanding of How Our Brain Became Remarkable (Uma nova compreensão de como nosso cérebro se tornou notável) (2016, MIT Press)
  • Falando ciência: Um guia para comunicar ciência aos pares e ao público sem arrancar os cabelos (2015, Amazon Digital Services)
  • Pílulas de neurociência para uma vida melhor (2009, Ed. Sextante)
  • Fique de bem com o seu cérebro (2007, Editora Sextante/Serviços Digitais da Amazon)
  • Por que o bocejo é contagioso? e outras curiosidades da neurociência sobre o cotidiano (2007, Jorge Zahar Editora/Amazon Digital Services)
  • O cérebro adolescente: a neurociência da transformação da criança em adulto (2005, Editora Objetiva/Amazon Digital Services)
  • Sexo, Drogas, Rock'n'Roll e Chocolate: O cérebro e os prazeres da vida cotidiana (2003, Editora Vieira & Lent)
  • O Cérebro Nosso de Cada Dia: Descobertas da Neurociência sobre a vida cotidiana (2002, Editora Vieira & Lent)
en_USEnglish