Suzana Herculano-Houzel

Mais de algo bom não é necessariamente melhor

L101_011

O salto de lógica aqui deveria ser óbvio, mas obviamente não é, pois a maioria das pessoas cai facilmente nessa armadilha: o fato de que um pouco de algo pode ser bom não significa, de forma alguma, que mais disso será ainda melhor. E sim, isso se aplica até mesmo à mais branda e inofensiva de todas as substâncias: a água.

Este conteúdo é para Conteúdo Educacional Textual e Somente para membros da Assinatura Combo.

Mais posts

en_USEnglish