Suzana Herculano-Houzel

Alguns têm mais neurônios, outros têm menos: Onde traçar a linha?

Acabei de receber um e-mail de alguém que estava preocupado com a forma como minha pesquisa sobre o número de neurônios em cães e gatos (e tantas outras espécies...) foi retratada na mídia. Seus argumentos: tantos relatos de "desculpe, gatos, vocês são burros" podem incentivar as pessoas que maltratam e abusam de seus animais de estimação; da mesma forma......

Este conteúdo é para o Annual, Crash Course in Neuroscience + The Neurocientist on Call, e Somente para membros do Neurocientist on Call.
en_USEnglish