Suzana Herculano-Houzel

Por que demorei tanto tempo para perceber que era autista? Porque eu sou autista, claro!

...e é ainda mais revelador o fato de que levei QUATRO ANOS após meu diagnóstico para perceber que a razão pela qual eu não percebi antes que era autista foi exatamente porque eu era autista. Deixe-me explicar: o autismo é caracterizado por hiper ou hipossensibilidade sensorial. Mais comumente, as hipersensibilidades são visuais/auditivas/acústicas (fantasia para "relacionadas ao toque") em...

Agir como outro requer auto-supressão

Escrevi aqui recentemente que, em um estado criativo, o cérebro deixa de se autopolitizar e se deixa levar pela própria bagagem acumulada ao longo da vida, formando e descobrindo livremente novas associações entre os elementos, incluindo memórias e emoções, em seu repertório. Os produtos de nossa criatividade são, portanto, altamente pessoais - isso é garantido [...]

Sim, eu tenho necessidades especiais!

Gosto de brincar que adultos autistas como eu precisam da supervisão de um adulto, mas é ótimo quando nos lembramos de levar a brincadeira a sério. Um problema específico do autismo é que parte da constelação de características é a falta de autoconsciência sobre o próprio estado emocional: os outros percebem antes...

Estou bem, obrigado.

Acabei de ouvir esta proposta de melhor resposta para a pergunta do Gênio (faça um pedido, e não pode ser para desejos infinitos): "Eu quero saber o futuro". Não precisei pensar duas vezes para protestar. Acho que isso seria a coisa mais FUTEBOL e desanimadora de todos os tempos. Não quero saber que meus esforços para fazer [...]

Por que os Aspies olham para as bocas

Uma das principais características comuns do autismo é a direção atípica do olhar durante as interações sociais. Em alguns casos, é o fato de desviar o olhar dos olhos da outra pessoa durante a conversa. Em outros, é exatamente o oposto: um olhar fixo e sustentado nos olhos da pessoa.Pessoalmente, eu me identifico como o último. Sou fascinado pelas pessoas, pois

Alguns têm mais neurônios, outros têm menos: Onde traçar a linha?

I just received an email from somebody who was concerned about how my research on numbers of neurons in cats and dogs (and so many other species…) has been portrayed in the media. Her points: so many reports of “sorry, cats, you’re dumb” might encourage people who mistreat and abuse their pets; along the same […]

Eu vi meu próprio cérebro!

vi meu próprio cérebro

...e é lindo, com todos os giros e sulcos que deveria ter! Ele tem um calo, um caudado, ventrículos (um pouco grandes, mas não vou reclamar) e um tronco encefálico adorável, como nos livros didáticos. Ali está o meu hipocampo, próximo ao corno inferior dos ventrículos laterais, exatamente onde eu digo aos meus alunos [...]

en_USEnglish